Como foi a Corrida da ONG Nova Baraúna

Demorou mas vai sair agora o “Como foi…” da Corrida da ONG Nova Baraúna.

Bom, não vou falar dos detalhes da viagem, mas apenas para constar nos altos do processo, a viagem de Parnamirim – RN para Baraúna – PB foi feita de moto percorrendo 200 Km com muito medo dos assaltos. Fomos e voltamos inteiros.

A hospedagem foi além do que esperávamos. Ficamos na pousada da Dona Emília. Uma pousada nova e confortável. A cozinha muito boa e com bastante comida.

Na verdade esse “bastante comida” foi um problema pra mim. Almocei pra valer, o que não se deve fazer antes de uma corrida, e na hora da prova estava com o bucho bem pesado.

Quase que eu atraso o povo, pois a largada foi a 12.300 m da chegada, e tinhamos que ir de ônibus até lá. A largada foi no horário, vinte minutos depois foi a largada dos 5K fazendo também o mesmo percurso (obviamente referente apenas aos 5K).

Quem deu a largada foi o Erivan com um tiro pipocando da boca do tipo “PÁ!”. O povo saiu desembestado e eu fiquei pra trás juntamente com a Ivanete (mulher do Erivan) e uma outra atleta. Já no kilômetro 2 a Ivanete emparelhou comigo e acertamos de fazer a prova juntos. No kilômetro 3 um atleta (mil perdões não lembrar o nome) que havia abandonado ficou nos acompanhando e motivando. Na verdade o cara dava um tiro de mil a frente e depois voltava tranquilo.

Tinhas placas sinalizando a acada kilômetro e fiscais sempre mostrando o caminho correto a seguir. Teve água suficiente e entregue com prazer pela garotada que tava trabalhando.

Por falar em água, acabei molhando os tênis e junto com a areia do caminho ficou uma lama só nos meus pés. Muito ruim.

Sim, pois é! Esqueci de falar que a prova era rústica. Toda em terra-batida e nem sempre tão batida. Muita subida e raras descidas. Uma prova de fogo.

Na chegada uma festa só. Tinha água, frusta e balas (na minha terra é bom-bom). Teve medalhas para todos os atletas.

Houve a entrega dos troféus e prêmiações para os atletas da corrida e logo depois para os enxadristas do campeonato que ocorreu durante o dia. Aqui faço o agradecimento pela honra que me foi concedida de poder entregar as medalhas para o 3º e 2º colocados do xadrez. Fiquei muito feliz por isso.

A noite teve apresentação de um grupo de choro, um seresteiro e sorteio de balas e cestas pra todos que estavam lá curtindo essa comemoração. Minha mulher ganhou uma caixa de pirulitos.

A volta foi na manhã do domingo. Cansado mas feliz por uma vitória em ter terminado uma prova difícil e ter conhecido tanta gente boa.

Infelizmente não lembro o nome de todos, mas posso agradecer a duas pessoas em especial. O sr. Pedro e ao Fagner por terem feito com que minha esposa e eu nos sentissemos super avontade.

Assim que o pessoal da ONG me mandar as fotos, coloco algumas aqui.

Abração e até a próxima.

Anúncios

Publicado em 13 de dezembro de 2010, em Como foi... e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: