Carboidrato em Gel e a Hipoglicemia Reativa

Em setembro de 2011 vi no Twitter @corrapaguemenos o seguinte:

Achei interessante, mas não tinha pesquisado nada sobre isso. Sempre soube da tradicional recomendação de consumir carboidrato em gel se a atividade for se estender por mais de 1 hora e a cada 40 minutos (ou algo próximo a isso).

Mas resolvi dar uma leve pesquisada sobre a Hipoglicemia Reativa e escrever um texto sobre isso. Porém achei no blog Equilíbrio Mente e Corpo um ótimo post sobre o assunto. Então estou tomando a liberdade de publicar abaixo parte do post e ao final deixar o link para quem quiser (e recomendo) ler o texto completo.

Praticantes de atividade física, utilizam, em sua maioria, suplementos alimentares que podem ser hiperproteicos (ricos em proteínas) e outros ricos em carboidratos. Esse último merece um pouco mais de atenção para que sejam ingeridos de forma programada (com antecedência) em dias de treino mais forte para que não ocorram desconfortos, como: a hipoglicemia reativa.

A hipoglicemia reativa pode ocorrer durante treinamentos longos e/ou intensos. E, concomitantemente, havendo a ingestão de carboidratos líquidos (suplementos), alguns indivíduos poderão experimentar os efeitos da hipoglicemia reativa durante ou após o treinamento.

A alta quantidade de glicose que está sendo liberada para a corrente sanguínea, estimula receptores químicos e nervosos que ativam a liberação de insulina através do pâncreas para que a glicose entre nas células, fornecendo energia para o corpo. Só que, a liberação da glicose para o sangue ocorre rápida e constantemente (devido aos suplementos serem líquidos e de carboidratos complexos) mantendo a liberação de insulina prolongada (lembre-se: neste caso, durante treinos intensos e/ou longos) ocorrendo uma moderada redução dos níveis de glicose no sangue, gerando os sintomas da hipoglicemia reativa.

Veja quais são esses sintomas, de acordo com a Associação Brasileira de Medicina Complementar:

Sintomas no Sistema Nervoso Central

– confusão mental
– sonolência / atordoamento
– sono irresistível que vem de repente e fora de hora
– diminuição da memória em crise
– diminuição da concentração em crise
– desmaio
– síndrome do pânico
– crise de labirintite

Se em algum momento de seu treino você não estiver se sentindo bem, com a sensação de ouvir a voz das pessoas distante, um retardo mental, deite-se e se poder, beba uma bebida com açúcar e aguarde até se sentir melhor. Avise ao seu treinador/professor/amigo quem estiver com você para lhe ajudar a deitar caso você perceba que vai desmaiar!

Clique aqui para ler o texto completo.

Anúncios

Publicado em 31 de janeiro de 2012, em Alimentação e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: