Arquivo da categoria: Treino

Treinar na Areia da Praia

Já fazem alguns dias que estou treinando na beira da praia e tem sido muito bom.

Hoje em particular estou sentido as pernas moídas, pois o treino foi na areia fofa já que a maré estava alta.

Não sou especialista em esporte e nem profissional de saúde (como já falei aqui no blog), mas pesquisando e pelo bom senso, todos sabemos os cuidados, benefícios e malefícios de um treino a beira-mar. Vamos discorrer sobre alguns.

Quando a maré está baixa, forma-se aquela faixa de areia mais firme na qual é possível impor mais velocidade ao treino. Já na areia fofa o treino será mais lento. O cuidado é dosar o rítimo para evitar lesões e a fadiga exagerada. Na areia fofa é melhor um trote moderado, assim será feito um trabalho muscular, de resistência e irá ajudar bastante na postura e equilíbrio durante as corridas. Talvez fazer uns educativos na beira da praia possa ser uma boa ideia.

Onde corro, a faixa de areia é bem plana e ótima na maré baixa. Deve-se evitar qualquer inclinação da faixa de areia, e onde não houver faixa de areia plana, não se corre.

Sempre corro de tênis e por isso vou de tênis para a areia. Assim evito uma mudança brusca na minha forma de pisar e otimizo o amortecimento. Além de evitar alguma espetada indesejada na sola do pé. Hoje, por exemplo, quase piso em um baiacu morto, lembrando que esse peixe tem um bocado de espinhos. Fora os espetinhos de churrasco, cacos de vidro, latinhas, pedaço de óculos e até preservativo. Bom, esse último não ia bem furar o pé, mas não seria nada agradável.

Hidratação sempre! Levo uma squeeze presa a cintura. Vez por outro cruzo com um vendedor de água de coco, mas prefiro não parar o treino pra me hidratar. Além do que a água da squeeze também serve pra molhar a cabeça.

Outra vantagem que correr na areia da praia proporciona é a liberdade na vestimenta. Dá pra correr de sunga sem a menor cerimônia, já que todos estão vestidos na mesma linha. Bom, eu prefiro o mesmo short que uso no asfalto (um daqueles colados) e apenas o tênis. Nada de blusa de mangas longas, boné, óculos escuro e coisa e tal. Isso varia de cada um, então é só ver como você se sente mais confortável e ir correr.

Os cuidados com o sol são os mesmo de quem vai apenas curtir a praia para um banho ou se bronzear. No máximo, terminar o treino as 10h (coisa que não me aventuro a fazer) e a tarde iniciar lá pelas 16h. Correr a noite na praia deve ser bom, mas por aqui não dá. Até que a faixa de areia tem iluminação, mas não tem segurança.

Protetor solar! #FATO

Uma dica ao terminar o treino é caminhar na com a água no meio da canela.

Se ainda tiver tempo, aproveita e dá um mergulho!

Abraço!

Treinar não é só correr. Ou é?

Muitos corredores de rua treinam diariamente, ou melhor, correm diariamente. Digo isso, pois são poucos os que se dedicam a um treino envolvendo técnicas e exercícios voltados para a corrida de rua. Quando alguém tenta fazer um pouco mais do que correr, vemos a introdução de exercícios aplicados a outras modalidades sendo executados de maneira até engrançada, como é o caso de exercícios voltados para o futebol.

Pra quem tá começando, sair correndo é o melhor treino, já que é algo natural do ser humano. Agora se você quer melhorar seus tempos, aumentar o condicionamento físico e diminuir as chances de lesões, é hora de partir para treinos específicos de corrida.

Por onde começar? Pesquisando! Vasculhe o mundo da internet, sempre buscando referências. Nada de dar crédito a quem não tem crédito. Porém não fique só nisso, planilhas de sites e revistas são generalistas. O melhor, depois que você começou a se ambientar, é procurar um profissional.

As acessorias para corrida de rua estão eclodindo em meio ao crescente aumento de provas e atletas. Na hora de escolher avalie o currículo do treinador. Ser um atleta, ou ex-atleta, conta muito.

Esses dias estava olhando a planilha que meu treinador passou e um dos treinos era o Circuito. Resolvi dar uma pesquisada na internet sobre esse tipo de treino e trazer a vocês um artigo que fale um pouco sobre ele.

No link abaixo tem uma boa explicação sobre o Circuito.

Treino em circuito, para ganhar força. by Marcelo Augusti

Abração.

E vamos treinar!

Treinador do Nike+

O site da Nike oferece um treinador on line. Não testei, mas parece ser bem legal.

Clique aqui para mais informações.

Mudança na planilha dos 5K.

Como vou correr dia 15/08 e possivelmente 08/08, resolvi apertar um pouco o treino. Então vou trocar de planilha.

Continuarei usando uma da Runner’s World Brasil, mas agora vai ser a com o título “Veteranos que querem voar na próxima prova dos 5K”.

Bom, não sou veterano, mas achei essa muito boa. Além de se adaptar melhor a mim, pois já faço musculação.

A única questão é que já malho nos dias de seg, qua, qui, sex e vou manter assim. Apenas colocarei a corrida seguindo os dias da planilha. Como meu treinamento na academia é voltado para perca de peso e não hipertrofia, acredito que não terá problema. Estarei manerando nos pesos.

Corro ao meio dia e malho a noite.

Planilha para iniciar nos 5K

Algumas semanas atrás participei da II Corrida Noturna do SESI, correndo 5K em 34”.

Gostei e decidi melhorar a cada corrida o meu tempo, para isso comecei essa semana a usar planilhas de treino.

Estou usando a planilha da site Runner’s World Brasil. Escolhi a planilha “Uma planilha para quem vai estrear nos 5K”. Apesar de já ter feito minha estréia, gostaria de começar do zero.

Hoje é descanço pela planilha, mas não da academia, que eu já fazia. Amanhã tem treino, que ainda bem, já tem alguma corrida. Pois ficar só caminhando e trotando é um pouco chato 😉

Uma observação, não tem nas legendas das planilhas da Runner’s World Brasil a descrição para CAR. Abaixo tem a explicação que eles me mandaram por email:

CAR = caminhada rápida, que significa caminhar com frequência cardíaca entre 60% e 70% da sua máxima.

Valeu.